BOLETIM DCE Nº2

NOSSO DCE

O nosso DCE vem, desde antes de ser eleito, lutando pelos direitos dos estudantes. Em dezembro do ano passado os membros da atual gestão Contra-Corrente, na época membros da chapa “Nadando Contra-Corrente”, construíram, juntamente com os CA’s e DA’s do Campus 2, uma manifestação que incluiu cerca de 400 alunos, manifestação essa que saiu em dois jornais, Correio Popular e Diário do Povo, sendo capa desse segundo. Graças a essa mobilização pela primeira vez em anos os preços praticados pela cantina do campus não subiram, o que ainda é pouco, por isso o DCE e os referidos DA’s/CA’s continuam exigindo da direção o que acham justo. O DCE crê que essa demanda é de todos os estudantes e está dialogando com as demais entidades discentes para que essa luta seja ampliada para toda a PUCC.

Na PUCC os estudantes bolsistas do ProUni não são devidamente respeitados apesar do programa garantir à universidade um desconto astronômico dos impostos. Os prounistas não recebem nenhum incentivo para as atividade extra-curriculares, pois são impedidos de ganhar por monitoria, extensão ou iniciação científica (FAPIC), essas bolsas são direitos de todos, deveriam servir para que os alunos se dedicassem à essas atividades, porém a PUCC faz parecer que é um bônus cedido por pura benevolência. Há também os que estudam em período integral e não tem tempo para trabalhar, esses não recebem a bolsa permanência e se viram como podem para se manter. Por todos esses motivos o DCE criou o Fórum ProUni, que se reúne quinzenalmente e já conta com a participação de todos os cursos de saúde.

O DCE na PUC-Campinas por muitos anos não conseguiu completar sua gestão, o grupo que viria a compor a gestão 2008 construiu em 2007 o Congresso de Estudantes da PUCC, que não acontecia havia muitos anos. Vale acrescentar que perdemos muito nesse periodo que não tivemos DCE, desde cotas de impressão, ônibus inter-campus, até a cultura e autonomia de movimento estudantil.

A gestão atual do DCE foi eleita no ano passado, em um processo eleitoral discutido em reunião aberta do DCE, rediscutido e encaminhado no Conselho de Entidades de Base(CEB), que é uma reunião entre os Centros Acadêmicos, que teve um quorum dos mais significativos dos ultimos anos.

Tivemos nas urnas 2219 votos favoraveis em um total de 2348 votos, tendo o dobro do exigido pelo regimento. Tudo isso foi conseguido mesmo tendo um grupo de estudantes que, oportunamente, após não terem conseguido inscrever uma chapa começaram a dizer que a eleição não era legítima chamando voto nulo, apesar de terem participado da discussão e deliberação das datas da eleição e regimento eleitoral. Ou seja, pedindo que voltassemos novamente a não ter DCE na PUC.

Mesmo com todas dificuldades estamos na Luta, construindo um DCE cada vez mais ativo e proximo dos alunos, Lutando por assistencia estudantil, representando as posições dos alunos no Conselho de Universidade, construindo uma rede de contatos com as entidades estudantis. Mas para que consigamos estar cada vez mais fortes precisamos dos estudantes ao nosso lado com suas ideias, criticas, angústias, sugestões, pernas, mãos, braços, cabeça, voz e coração.

A UNE HOJE

Compreendemos que a UNE é uma entidade representativa dos estudantes, mas que tem adotado medidas que se distanciam de suas bases num processo de burocratização, tendo o mesmo grupo como direção majoritária a cerca de 16 anos. Uma entidade que há muito não está presente no cotidiano dos estudantes, que há muito não constrói uma luta ampla e que desde a eleição de Lula mantêm-se praticamente acrítica ao governo. Por essas e outras críticas achamos crucial fazer oposição a essa direção majoritária nos espaços de organização e deliberação do Movimento estudantil

A UNE (União Nacional dos Estudantes) foi um instrumento de luta nas circunstâncias históricas que mais se cerraram para a população trabalhadora brasileira. Fundada em 1937, a UNE atuou, por exemplo, de forma efetiva contra a ditadura do Estado Novo e contra o nazi-facismo na década de 40, na campanha de “O Petróleo É Nosso” em 50, e da resistência contra o golpe militar iniciado em 64, tendo vários militantes presos, torturados e outros mortos.

CALENDÁRIO DCE MÊS DE MAIO:

Debate sobre movimento estudantil (UNE, Oposição de esquerda da UNE, Conlute)

12/05 – 12:00 campus II sala A21

12/05 – 18:20 Campus I Praça de alimentação

13/05 – 18:30 Campus Central pátio dos leões

Periodo de inscrição de chapas para o Congresso da UNE

11/05 à 15/05 – Com os coordenadores gerais do DCE, ou no Centro Acadêmico de Ciencias Socias no campus I dia 15 das 20:30 às 21:30.

Periodo de campanha

18/05 á 20/05

Debate entre chapas

19/05 – 12:00 campus II – palco embaixo ao predio administrativo

19/05 – 18:30 campus I – praça de alimentação

20/05 – 18:30 Campus central – Pátio dos leões

Eleição

21 e 22/5 nos três Campus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: